Trocar dinheiro na Argentina – Parte 1

Nas minhas pesquisas também encontrei muitas controvérsias sobre a melhor forma de utilizar dinheiro em Buenos Aires (trocar aqui no Brasil ou levar dolares e trocar por pesos, ou ainda levar reais e trocar por pesos, utilizar cartão de crédito, etc.). Alguns cálculos depois cheguei à conclusão que o melhor era levar reais e trocar por pesos. A maioria recomendava não trocar no Aeroporto, pois diziam que a taxa de conversão era ruim, que havia lugares melhores no centro de BsAs, como na Rua Sarmiento e Rua Florida. O que eu fiz: consultei no site dolarhoy (http://www.dolarhoy.com/)  na véspera da minha viagem qual era a melhor cotação do dia e a média: verifiquei que a melhor taxa oferecida era de 2,16 (ou seja, 1 real correspondia à 2,16 pesos) e que a média era de 2,11. Uma taxa boa. Quando desembarcamos, próximo do Baggage Claim havia uma agência do Banco de La Nacion. Verifiquei e a taxa estava 2,14. “Excelente”, pensei comigo e achei bom negócio trocar lá mesmo…

Anúncios

2 Respostas to “Trocar dinheiro na Argentina – Parte 1”

  1. neuza Says:

    Oi Mario,
    a diferença é tão pouca que prefiro trocar lá mesmo no aeroporto….fico preocupada em entrar em banco e ser seguida….a diferença é tão pequena ,que troco lá no aeroporto e fico com um problema a menos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: